Contos da Quarentena

Durante o outro confinamento concorri a um concurso de escrita da Livraria Lello com o tema "Contos da Quarentena". Gosto muito de escrever sobre a vida, não ganhei o prémio mas entretanto achei que era giro eternizar aquelas palavras escritas enquanto confinada, para nunca mais nos esquecermos do que é perder a liberdade de forma tão repentina. Escrevi a minha visão de dentro da minha casa e como nós, como família, vivemos esses dias. É pequenino mas ainda tem 42 páginas. Faz rir e faz pensar. Quem já o leu diz que ponho em palavras muito do que as pessoas sentem.


Decidi vendê-lo, mas achei que podia acrescentar algo de bom para além da venda em si e da alegria que sinto por saber que as minhas palavras vão viver para outras casas.

Sei que na zona onde se encontra o Jardim (Ramada), há muitas famílias com dificuldades neste momento, prejudicadas com a pandemia devido à situação de precariedade laboral em que se encontravam. A maior necessidade é mesmo comida. Há muitas crianças a precisar de leite, cereais, papas. Decidi então reverter parte da venda dos livrinhos para dar uma resposta alimentar às crianças das famílias sinalizadas.


Cada livro custa 8,5€ (2€ revertem para ajuda alimentar através do Centro Comunitário da Ramada). Se quiserem comprar, basta aceder a este link.


Envio todos pelo correio.

Vão gostar e de certeza identificar-se comigo

Muito obrigada!








41 views0 comments

Recent Posts

See All